23/12/2011

"E" e "se" são duas palavras tão inofensivas como outras palavras quaisquer. Mas coloca-as juntas, lado a lado, e elas têm o poder de assombrar-te para o resto da tua vida. "E se." "E se?" Não sei como é que a tua história acabou. Mas se o que tu sentias na altura era amor verdadeiro, então, nunca é tarde demais. E se era verdadeiro na altura, porque não ser verdadeiro agora? Só precisas de ter coragem para seguir o teu coração. Não sei como é sentir amor como o da Julieta, um amor pelo qual se abandona entes queridos, um amor pelo qual se cruza oceanos. Mas gosto de pensar que, se um dia o sentisse, eu teria então coragem de o agarrar. E se ainda não fizeste, espero então um dia que o faças."


Letters To Juliet 

Sem comentários:

Enviar um comentário